Em Destaque
posts em destaque

lentes de contato mel

Não importa se é por questões estéticas ou por questões de necessidade de correção, o fato é que as pessoas estão aderindo mais às lentes de contato. E na maioria das vezes elas preferem lentes com cor diferente da cor natural dos seus olhos, pois dessa forma conseguem também dar aquela renovação em seu visual. Nesse artigo vamos falar sobre as lentes de contato mel.

As lentes de contato mel são as mais procuradas devido à sua coloração mais natural. Realmente, as lentes de contato mel possuem um efeito mais natural e é justamente isso que a maioria das pessoas deseja. Quem escolhe cores como azul ou verde intenso tem a intenção clara de sobressair, deslumbrar e marcar a diferença. Essas cores são especialmente adequadas para usar em festas ou em eventos especiais.

Contudo, nem todas as pessoas sentem a necessidade de marcar a diferença escolhendo uma lente de contato de cor intensa. As lentes de contato mel oferecem um excelente compromisso entre beleza e naturalidade, sendo bastante práticas para o uso no quotidiano. Quem escolhe lentes dessa cor, muitas vezes, pretende usá-las diariamente, no seu local de trabalho, na sua escola, etc.

Antes de comprar suas lentes de contato mel veja algumas dicas importantes que vão te ajudar a escolher a melhor tonalidade, afinal cada pessoa possui características ímpares que precisam ser levadas em consideração.

Como estamos falando especificamente de lentes de contato na cor mel, vamos saber se a mesma é realmente tão democrática quanto parece e se qualquer pessoa pode usa-la. Continue a ler para esclarecer essa questão.

Lentes de Contato Mel – Saiba Mais

Lentes na cor mel realmente são democráticas e qualquer pessoa pode usar sem receio algum. A principal vantagem de optar por esta cor de lentes de contato, é que ela combina com qualquer tonalidade de pele. Possivelmente você sabe que lentes de contato azuis ou verdes combinam, geralmente, melhor com pessoas com tonalidade de pele clara e que lentes de contato castanhas ou negras combinam melhor com pessoas com tonalidade de pele mais escura.

Essa questão não se coloca com as lentes de contato mel, pois elas se adaptam perfeitamente a qualquer tonalidade de pele. Ainda assim, podemos ressalvar, que a cor mel fica especialmente bem em pessoas com uma tonalidade bronzeada, sendo por isso excelentes para utilizar durante o verão.

Uma dica importante é que se você deseja deixar o visual mais natural não escolher uma lente mel muito clara. Quanto mais escura, mais natural ela parece e não se preocupe achando que se comprar uma mais escura não vai fazer diferença porque vai.

Para quem deseja dar aquela clareada nos olhos com uma lente mel, a dica é justamente o contrário. Vale à pena investir em tons de mel mais clarinhos como o ochre. Ele fica bem até em que possui a pele mais escura.

Outras Dica Para Escolher a Tonalidade Certa

Outra dica relevante é que se você possui olhos castanhos escuros e deseja clarear sem chamar muita atenção e deixando os olhos bem naturais, as lentes de contato mel são a melhor opção.

O clareamento será bem suave, mas ficará perceptível. Na hora de comprar é bom testar a lenda em algumas luzes diferentes, pois as mesmas costumam mudar bastante dependendo da claridade do ambiente. Esta parece uma dica simples, mas é realmente importante. Na hora de testar não fique apenas no interior da loja, é importante também fazer o teste no exterior, sob luz natural.

Para não correr o risco de se arrepender, faça todos os testes necessários com todas as tonalidades de lentes cor de mel. Analise para ver se não ficou fake e opte por aquela que valorize mais o seu olhar, mas que não desapareça totalmente com as características dos seus olhos.

Veja uma lista com algumas marcas confiáveis que comercializam lentes mel:

  • Color Vision: A Color Vision comercializa as lentes mel mais usadas e com valor mais acessível do mercado e oferece o produto com e sem grau.
  • Solflex Natural colors: Essa marca possui duas tonalidades (ochre e mel). Combinam com pessoas com qualquer tonalidade pele. O valor é um pouco acima do que as lentes da Color Vision, mas vale à pena.
  • Optycolor Magical Top: Essa já é um pouco mais cara, você vai pagar aproximadamente 150 reais pelo par, mas também terá mais opções. A marca oferece 6 tonalidades para sua escolha.
  • Acuvue Johnson & Johnson: Também oferece a cor mel e tem a grande vantagem de ser uma marca muito conhecida. Suas lentes são do tipo gelatinosas.

Existem várias outras marcas que oferecem lentes de contato mel, veja qual te passa mais confiança e não se esqueça de consultar seu oftalmologista antes de comprar a sua.

E você, já utiliza lentes de contato mel, ou pondera começar a utilizar nos próximos tempos? Participe e deixe sua opinião na caixa de comentários.

0 2266
melhor lente contato

Você decidiu finalmente reformar os óculos para adoptar apenas lentes de contato. É uma ótima opção. Nós na Lentes de Contato Web teremos todo o prazer em ajudar você a encontrar a melhor lente de contato para suas necessidades.

Nós temos a maior seleção de informação e de artigos sobre lentes e por isso este é o melhor local para você descobrir a melhor lente de contato para suas necessidades específicas.

Os Passos Certos Para Encontrar A Melhor Lente de Contato

Tudo deve se iniciar com uma consulta no oftalmologista. Apenas um especialista pode sentenciar qual é a melhor lente de contato para você. É importante que você nunca tente tomar essa decisão sem o apoio de um profissional competente e qualificado.

Não dê importância para a opinião de amigos e familiares, ainda que eles afirmem que já usam lentes há muito tempo. Adicionalmente, o profissional deve seguir você durante o período necessário para que você se adapte à lente.

Muitas vezes são necessárias pequenas correções, que apenas um oftalmologista consegue determinar.

A própria escolha da melhor lente de contato está dependente de todo um conjunto de fatores. Simplificando, podemos afirmar que existem três tipos principais de lentes de contato: rígidas, gelatinosas descartáveis e gelatinosas de comuta anual.

Todas elas possuem pontos positivos e negativos, que você deve avaliar antes de determinar qual é a melhor lente de contato para sua situação.

Especificidades de Cada Tipo de Lente

As lentes gelatinosas descartáveis possuem das grandes vantagens: elas são confortáveis e muito práticas de usar. Como você deve trocá-las a cada 30 dias, a segurança está garantida e o risco de contaminação é muito reduzido.

Essas lentes também são uma boa opção para quem procura um processo de higienização e manuseio mais simples. Se você vive com pressa e não tempo a desmerecer, esta pode ser a melhor lente de contato.

Já como desvantagem, a lente gelatinosa descartável apresenta sobretudo o custo mais alto de manutenção. Se você valoriza a questão custo/benefício, então também deve considerar a lente gelatinosa de comuta anual, que oferece o conforto e a fácil manuseio que caracterizam as lentes gelatinosas descartáveis, mais a durabilidade e o custo acessível de manutenção.

Mas tenha atenção, estas lentes não permitem responder a todas as necessidades de correção e por isso, o seu oftalmologista deve fazer uma boa análise de sua situação.

Finalmente, temos a lente rígida que são especialmente importante para quem necessita de correção visual. Se você precisa de lentes de contato com grau, então essa é a melhor lente de contato para você.

Estas são as lentes que possuem uma melhor qualidade ótica e além disso duram muito tempo e possuem uma manutenção acessível. Infelizmente, nem todos os usuários se conseguem adaptar às lentes rígidas.

Mais importante de que ler qualquer artigo sobre as melhores lentes de contato disponíveis no mercado, você deve se preocupar em fazer um bom período de teste, durante o qual irá perceber se consegue se adaptar a um determinado tipo de lente. Se você conseguir usar qualquer lente durante 15 dias sem desconforto, então você não deverá ter problemas.

0 2129
lentes de contacto para miopia

Muitas pessoas sonham em usar lentes de contacto há muito tempo, mas não se o uso das lentes de contacto é suficiente para corrigir a falta de visão que sentem e por essa razão continuam usando os óculos ou pior ainda, vendo mal!

Agora vamos explicar todos os problemas de visão existentes e que as lentes de contacto conseguem tratar, por isso não perca mais tempo e saiba tudo o que necessita.

Os problemas de visão mais comuns são:

  • Miopia
  • Hipermetropia
  • Astigmatismo simples ou associado a miopia ou hipermetropia
  • Presbiopia

E as lentes de contacto já conseguem solucionar todos estes problemas de visão. Surpreendido?

Veja então o que é cada um destes problemas de visão e como as lentes de contacto conseguem solucionar o problema.

O que é a miopia?

A miopia é caracterizada por uma dificuldade em ver bem longe.

Por norma um míope (pessoa que sofre de miopia) vê bem ao perto e à medida que os objetos se afastam vão perdendo a nitidez habitual, ficando desfocados.

O grande problema nos míopes é que o seu ponto focal forma-se antes da retina, impedindo assim a visualização de uma imagem totalmente nítida.

Veja a imagem abaixo para compreender como funciona um olho com miopia.

olho com miopia

Para tratar a miopia pode-se recorrer ao uso de lentes esféricas com gradação negativa. Na imagem abaixo você consegue perceber como o uso das lente de contato corrige o ponto de focagem do olho e assim promovem uma boa visão.

lentes de contacto para miopia

Como se pode ver com o recurso às lentes para a correção de miopia é possível mover o ponto de focagem para a zona da retina, onde a visão é sempre mas nítida.

O que é a hipermetropia?

A hipermetropia é um problema de visão que é o oposto da miopia, ou seja, a visão de perto é aquela que é mais afetada.

Neste caso os hipermétropes (pessoas que sobrem de hipermetropia) sentem uma maior dificuldade em ver bem os objetos que estão perto do que os objeto que estão mais afastados.

Tal como no caso da miopia o grande problema de visão está relacionado com o ponto de focagem do olho, mas a hipermetropia faz com que esse ponto se encontre depois da retina, dificultando assim a visão de perto nítida.

A imagem abaixo exemplifica um olho hipermétrope:

representação de olho hipermetrope

Com o uso de lentes de contacto esféricas com gradação positiva é possível corriges este problema de visão, promovendo um ponto de focagem na retina, a zona em que nosso olho tem a melhor visibilidade.

lentes de contacto para hipermetropia

Desta forma é possível perceber que as lentes de contacto conseguem corrigir problemas de visão relacionados com a miopia e hipermetropia.

O que é o astigmatismo?

O astigmatismo é uma anomalia na visão que é provocada devido a uma forma irregular da córnea. Por norma a córnea é de uma forma oval, mas por vezes pode sofrer alterações e isso faz com que haja mais do que um ponto de focagem, promovendo uma desfocagem das imagens a todas as distâncias.

O astigmatismo pode ser verificado isoladamente ou em conjunto com miopia ou hipermetropia, sendo que no case de estar associada a mais algum problema visual vai agravar a dificuldade de focagem.

Veja a ilustração de um olho com astigmatismo.

olho com astigmatismo

Mais uma vez é possível fazer a correção do problema com o uso de lentes de contacto, sendo que desta vez é necessário recorrer a lentes tóricas que podem ter uma esfera nula, positiva ou negativas.

Quando há situações em que o problema visual seja apenas o astigmatismo as lentes são tóricas com esfera nula.

Se houver um astigmatismo associado a miopia as lentes de contacto já serão tóricas com esfera negativa.

No caso de astigmatismo associado a hipermetropia as lentes a usar serão tóricas com uma esfera positiva.

Com o uso das lentes de contacto certas é possível fazer com que passe a haver apenas um ponto de focagem na zona da retina, o que faz com que seja possível ter uma visão perfeita.

Veja a imagem de um olho com astigmatismo a usar lentes de contacto.

lentes de contacto com astigmatismo

O que é a presbiopia?

A presbiopia é um problema de visão vulgarmente conhecido como “visão cansada”, pois ocorre devido ao envelhecimento normal do olho.

Por norma este problema surge depois dos 40 anos de idade, sendo que os hipermétropes e diabéticos têm uma maior tendência para ter este problema mais cedo, por norma aos 35 anos.

O cristalino, que se encontra logo atrás da iris do olho e é responsável por permitir a focagem de imagens ao perto e ao longe, pelo que tem de mudar de forma para assegurar a tão desejada visão perfeita a todas as distâncias.

Com o avançar a idade esse processo de mudança de forma do cristalino torna-se cada vez mais difícil e a visão de perto é afetada.

Assim é necessário recorrer ao uso de óculos ou lentes de contacto para compensar estar perda de visão ao perto.

As lentes de contacto que devem ser usadas em casos de presbiopia podem ser:

  • Lentes de contacto esféricas positivas, caso não houvesse outros problemas de visão anteriormente. Nesse caso basta usar lentes de contacto positivas para tratar o problema.
  • Lentes de contacto multifocais, para os casos em que já havia problemas de visão anteriores, seja miopia, hipermetropia ou astigmatismo simples ou não. Neste caso é necessário continuar tratando o problema de visão inicial e ter mais alguma gradação para tratar o problema novo.

 

Conclusões a retirar sobre as lentes de contacto

Agora você já conhece os problemas de visão mais frequentes e já sabe quais os tipos de lentes de contacto a usar para cada situação específica.

Se você está interessado em começar usando lentes de contacto marque uma consulta de contactologia e verá como uma visão perfeita sem o recurso aos óculos pode ser uma realidade muito agradável.

Não perca mais tempo, as lentes de contacto são muito fáceis de usar e asseguram uma visão ainda melhor do que o uso dos óculos, por isso só há inúmeras vantagens em essa escolha

lentes contato coloridas

As lentes coloridas são uma excelente inovação e permitem que você mude a cor de seus olhos, criando assim um novo visual que promete surpreender todos os que estão em seu redor.

Através desse tipo de lentes de contato você pode simplesmente mudar a cor de seus olhos para uma ocasião especial, ou até escolher umas lentes coloridas loucas para uma ocasião especial como o Halloween.

Apesar de muitas pessoas pensarem que as lentes coloridas apenas cumprem uma função estética, ajudando a mudar de visual, elas também pode ser uma função corretiva.

De uma forma geral, podemos catalogar as lentes de contato coloridas em dois tipos:

Lentes Coloridas Corretivas – servem para corrigir problemas visuais como a miopia, hiperopia e astigmatismo. Simultaneamente, também mudam cumprem a referida função estética, alterando a cor de seus olhos.

Lentes Coloridas “Planas” – são usadas apenas com fins cosméticos. Não são lentes de grau e não servem para retificar problemas de visão.

Tradicionalmente, as lentes coloridas são mais dispendiosas do que as lentes de contato comuns, contudo para muitas pessoas, a possibilidade de mudarem a cor de seus olhos sempre que pretendem, compensa bem essa diferença de preço.

 

Diferentes Tipos de Lentes Coloridas

 

A grande maioria das lentes de contato de cor é concebida para reproduzir o visual natural da parte colorida do olho, conhecida como íris.

Uma vez que essa área é formada por formas de cores e por linhas, algumas lentes de contato coloridas apresentam diversas séries de pequenos pontos e linhas coloridas para melhor reproduzir o aspeto natural do olho.

O centro da lente, ou seja a parte que é colocada sobre sua pupila é transparente, para que você possa ver.

As lentes coloridas são catalogadas em três tipos diferentes de tintas:

Tinta visível – geralmente essa tinta é uma tinta azul ou verde leve, que é adicionada uma lente, apenas para ajudar você a vê-la melhor durante a colocação e a remoção, ou no caso de a deixar cair no chão. A tinta visível é geralmente muito ténue e não afeta a cor de seu olho.

Tinta de melhoramento – é uma tinta sólida mas translúcida (que permite ver através). É um pouco mais escura do que a tinta visível. Como o nome indica, uma tinta de melhoramento tem como principal objetivo melhorar a cor natural de seus olhos. As lentes de contato coloridas com esse tipo de tinta, são geralmente as mais adequadas para quem a cor dos olhos muito clara e pretende lhes dar um pouco mais de intensidade.

Tinta opaca – é uma tinta que não é transparente e que tem como principal função alterar por completo a cor de seus olhos. Se você tem os olhos naturalmente escuros, então você vai precisar desse tipo de lentes coloridas para mudar por completo a cor de seus olhos.

Existe uma enorme diversidade de lentes coloridas de tinta opaca: castanho, verde, azul, cinzento, e até mesmo cores pouco comuns.

No teatro e no cinema, é muito comum que os atores usem lentes de tinta opaca para mudar por completo seu visual.

Hoje, até existem no mercado lentes iguais às que são usadas no cinema e que permitem recriar o olhar de personagens de filmes como Avatar ou Twilight. Essas lentes são perfeitas para ocasiões festivas.

 

lente colorida

Escolhendo A Cor De Lente Certa

 

A cor de lentes que vai resultar melhor com você depende de inúmeros fatores, assim como seu tom de pele e cor do cabelo. Mas tudo depende do visual que você pretende. Você pode pretender uma mudança radical ou apenas uma ligeira alteração de visual.

A melhor cor de lentes coloridas para olhos claros: Se você pretende apenas uma pequena alteração em seu visual, você pode escolher uma lentes de contato com tinta de melhoramento. Essa tinta vai definir melhor a íris de seu olho e realçar a cor natural de seus olhos.

Por outro lado, se você pretende realmente mudar a cor natural de seus olhos, então você pode optar por escolher outra cor leve. Por exemplo, se a cor natural de seus olhos for azul, você pode optar por lentes de contato verdes ou cinzentas.

A melhor cor de lentes de contato coloridas para olhos escuros: Quem tem uma cor natural de olhos escura, deve optar por lentes coloridas de tinta opaca. Para fazer uma mudança mais natural, as melhores opções são cores como castanho avelã, ou castanho mel.

Mas quem pretende se destacar de entre a multidão, pode optar por lentes coloridas de cores mais vívidas, como verde ou azul.

Quem tem um tom de pele escura pode deslumbrar, se escolher lentes de cor clara.

Lentes Coloridas Personalizadas

 

Algumas pessoas não ficam realmente satisfeitas com nenhuma das muitas opções de lentes coloridas que estão disponíveis no mercado.

Contudo, a boa notícia para essas pessoas é que elas não precisam desistir de seu sonho de ter umas lentes perfeitas. Alguns fabricantes de lentes de contato oferecem um serviço de criação de lentes personalizadas.

Esse serviço pode ser uma excelente opção para aquelas pessoas que têm uma ideia bem definida sobre as lentes que querem.

Regra geral, as lentes personalizadas são translúcidas, o que significa que possuem uma aparência natural. Esse tipo de lente também é usada para ocultar lesões nos olhos, o que pode ser excelente para pessoas com problemas oculares congénitos, ou até para pessoas que sofreram acidentes.

As lentes personalizadas também estão se tornando muito populares entre atletas profissionais. Estes atletas procuram tirar partido de muitas vantagens que as lentes de contato personalizadas podem dar, por exemplo, menor exposição ao brilho e maior sensibilidade ao contraste.

Por exemplo, alguns tenistas usam lentes de contato de cor verde, com o objetivo de verem a bola de forma mais nítida.

As Lentes Coloridas São Seguras

 

Essa é uma pergunta fácil de responder: as lentes coloridas são tão seguras como qualquer outro tipo de lente, desde que sejam compradas em uma local confiável e de preferência com a ajuda de um profissional do setor como um oftalmologista. Essa é a melhor forma de garantir que você não terá problemas com a utilização de suas novas lentes.

0 2475
aprenda como colocar lente contato

Uma das principais dúvidas de quem começa a usar lente de contato incide sobre sua utilização. A verdade é que muitas pessoas não sabem como colocar e retirar a lente de contato de forma correta.

Para ajudar todos os que possuem estas dúvidas, preparámos um conjunto de recomendações e de dicas muito úteis que vão garantir que você irá ter uma utilização mais satisfatória de cada lente de contato.

Comece por ver este vídeo e depois siga lendo o resto do artigo:

 

Recomendações Gerais Para o Uso de Lente de Contato

 

Antes de tocar em uma lente de contato você deve garantir que tem suas mãos bem limpas. Assim, antes de começar a colocar as lentes de contato você deve lavar bem ambas as mãos e depois deve também secá-las de forma cuidadosa. Quando você tocar em suas lentes de contato ambas as mãos devem estar limpas e secas.

É recomendável que você use um sabonete simples para lavar suas mãos. Ou seja, um sabonete sem perfumes, óleos ou qualquer outro tipo de loção. Você deve também procurar limpar suas mãos com uma toalha que não libere fibras.

Entramos agora na parte que tantas pessoas temem, principalmente quando estão a começar a usar lentes de contato: como manusear as lentes.

Você deve segurar a lente de contato usando as pontas de seus dedos. Não utilize suas unhas e claro, também não use qualquer tipo de objeto pontiagudo.

Antes de colocar a lente de contato em seu olho deve verificar também se a lente está limpa e se não tem qualquer tipo de dano.

 

mulher colocando lente contato

Como Colocar Corretamente Uma Lente de Contato

 

Para que consiga colocar suas lentes sem qualquer tipo de problema, vamos apresentar o procedimento correto, em três simples passos:

1. Coloque a lente direita na ponta de seu dedo indicador, ou em alternativa, na ponta do seu dedo médio. Utilize a mão em que tem mais destreza. Puxe sua pálpebra inferior para baixo, usando o meio de seu dedo anelar. Com a outra mão você segurar a pálpebra superior, garantido que ela se mantem bem aberta.

2. Agora você deve olhar para a lente ou para um espelho e colocar a lente diretamente sobre a córnea de seu olho. A córnea é o círculo colorido bem no centro de seu olho.

3. Lentamente, você deve começar soltando a pálpebra. Se você notar a presença de bolhas de ar debaixo das lente, deve fechar o olho e fazer a lente rodar suavemente – mantendo sempre o olho fechado. Alternativamente, você pode se livrar das bolhas de ar se massagear as pálpebras de forma muito suave. Mas atenção, você nunca deve esfregar os olhos.

Parar retirar a lente de contato, você deve olhar para cima. Depois, com seu dedo médio, você deve manter a pálpebra inferior em baixo. Utilize seu dedo indicador para deslizar a lente de contato para sua parte do olho inferior. Aperte a lente com o indicador e o polegar, sem exercer demasiado pressão, para retirá-la.

Informação Importante Para Usuários de Lente de Contato Que Também Usam Produtos Cosméticos

 

As mulheres que usam cosméticos devem ter algumas precauções especiais. É claro que usar lente de contato não é razão para abdicar da maquilhagem, contudo existem algumas regras que elas devem seguir para evitar que possam surgir problemas. Estas regras são ainda mais importante para quem tem os olhos sensíveis.

Coloque a maquilhagem apenas depois de ter colocado suas lentes de contato. É muito mais seguro, se você apenas colocar sua maquilhagem quando já tiver colocado as lentes de contato.

As gotas oculares devem ser colocadas antes da maquilhagem. Se você colocar as gotas oculares antes de aplicar sua linda maquilhagem não vai correr o risco de estragar todo seu trabalho.

Nunca durma sem retirar a maquilhagem – Muitas vezes é difícil chegar a casa e ter que retirar a maquilhagem, mas isso é essencial, especialmente se você estiver usando lente de contato. Isso porque partículas de sua maquilhagem podem entrar para seus olhos, deixando-os secos e irritados.

Use bastões de rímel descartáveis – A utilização continuada de bastões de rímel (aqueles pauzinhos que você usa para colocar o rímel) pode dar origem a irritação na zona dos olhos. Isto porque ao longo do tempo as baterias podem se acumular nos bastões. Se possível, você deve optar por comprar bastões descartáveis.

Escolha produtos hipoalérgicos – Quem tem uma sensibilidade especial nos olhos deve usar sempre produtos hipoalérgicos.

Use produtos à prova de água – quando você usa lente de contato é normal que precise de usar gotas para os olhos, ou que lacrimeje com facilidade. Se isso acontece, então você deve usar eyeliner e rímel à prova de água.

Tenha atenção ao colocar protetor solar – é muito importante que utilize um protetor solar com um FPS especifico para a zona dos olhos. No resto do rosto, você pode usar um protetor solar normal, mas na zona dos olhos é preciso usar um produto específico, para evitar irritação.

Resumo de Toda a Informação

 

Apesar de ter ficado um pouco longo, este artigo conseguiu reunir quase tudo o que você precisa de saber sobre como colocar e retirar corretamente sua lente de contato.

Como vimos logo no princípio do texto, você deve garantir que suas mãos estão bem limpas e secas antes de começar todo o processo de colocação das lentes. Esse é um passo essencial para evitar irritações e até infeções nos olhos.

Depois, você aprendeu quais os gestos certos para colocar suas lentes de contato. É claro que existem outras formas de colocar e retirar as lentes, mas de uma forma geral, os passos que enunciámos são os mais comuns e aqueles que melhor garantem que você vai colocar e retirar a lente de contato sem problemas.

Finalmente, apresentámos uma lista de dicas muito úteis para quem usa lentes de contato e maquilhagem em simultâneo. As mulheres que não podem, ou que não querem abdicar de usar lente de contato e maquilhagem devem seguir algumas precauções especiais, para evitar inflamação e irritação na zona dos olhos.

Esperamos que depois de ler este artigo você consiga beneficiar melhor do uso de lente de contato.

0 2593
lentes de contato

Todos nós conhecemos o termo “lentes de contato”, mas será que você conhece realmente a definição formal das lentes de contato? Se você está a pensar colocar lentes, ou se você simplesmente tem curiosidade sobre este utensilio ótico, então você está na página certa.

Lentes de contato podem ser diversos tipos de lentes, dependendo de sua utilização e dos motivos que levam as pessoas a optarem por seu uso. De uma forma geral, podemos afirmar que as lentes de contato podem ser oftálmicas corretivas, cosméticas, terapêuticas ou simultaneamente corretivas e cosméticas.

A lente de contato é colocada em cima da córnea do olho, possibilitando não só uma maior liberdade do que aquela permitida com óculos, mas serviço também como acessório estético.

As lentes de contato, como as conhecemos hoje são uma invenção de um químico tcheco de nome Otto Wichterle.

 

A Histórica das Lentes de Contato – Primeiros Passos

 

A lente de contato atual é o resultado de mais de cinco séculos de evolução, pesquisa e desenvolvimento. Como vamos ver neste capítulo, alguns dos maiores génios da humanidade estiveram de alguma forma relacionados com o desenvolvimento destes produtos.

Os primeiros passos rumo ao desenvolvimento das lentes de contato foram dados, nem mais nem menos, por Leonardo Da Vinci, entre os séculos XV e XVI. Portador de uma inteligência notável e de imaginação prodigiosa, Da Vinci foi pioneiro em diversas áreas.

Poucas pessoas conhecem este fato, mas a verdade é que as observações do mestre italiano também tiveram um grande peso na indústria ótica. Da Vinci estou aspetos como o movimento das pupilas, a visão binocular e a ótica oftálmica.

Para muitos investigadores, Da Vinci é o verdadeiro “pai” das lentes de contato. Contudo, é importante frisar que outras correntes de pensamento defendem que o conceito de lente de contato que hoje conhecemos surgiu bastante mais tarde.

Alguns anos após as observações pertinentes de Leonardo Da Vinci, outra grande figura da história da humanidade deu seu contributo para o desenvolvimento das lentes. Estamos a falar de René Descartes.

Descartes publicou a obra “A Dlotrik”, na qual referiu que usando um tubo transparente repleto de água, seria possível alterar a visão humano, sobrepondo o referido tubo sobre o olho, por meio de uma lente córnea ou esclera.

Após os primeiros passos dados pelas observações de Da Vinci e de Descartes foram necessários quase 200 anos, até que surgisse um novo avanço.

Avanços Mais Significativos No Desenvolvimento da Lente de Contato

 

John Frederick W. Herschel, conduziu as primeiras experiências de correção de ametropias em 1845, usando o que chamou de “Óptica de Contato”. Estas óticas consistiam em um tubo de água com 5 mm de diâmetro, colocado sobre uma lente.

No final do século XIX, mais precisamente em 1887, o alemão F.C. Muller começou a produzir próteses oculares e a desenvolver os primeiros trabalhos centrados na utilização de lentes adaptadas colocadas diretamente no globo ocular.

O objetivo do trabalho de Muller não era retificar qualquer problema ocular, mas sim ajudar pessoas com problemas nas pálpebras a protegerem seus globos oculares.

O primeiro registo do uso de lentes de contato para fins de correção ocular data de 1888, quando Eugene Fick usou lentes para retificar problemas e astigmatismos irregulares.

No ano seguinte, Berlines Himmler e Augusto Miller usaram lentes de contato para corrigir miopia.

Em 1892 teve início o fabrico comercial de lentes esclerais lapiadas, pela empresa Carlzeiss de Jena. Estas lentas eram fabricadas em vidro, sob a direção de D.E. Sulzer. No mesmo ano, Sulzer informou ao mundo que obteve êxito na colocação de lentes em pacientes com ceratocone, astigmatismo e miopia.

Chegámos depois ao século XX, um período que revolucionaria por completo a indústria óptica. O Dr. Dailos resolveu tentar adaptar lentes esclerais, usando para isso moldes do olho, isso em 1929. Ao mesmo tempo a Zeiss estava a preparar as primeiras lentes de vidro soprado para testes.

As Lentes de Contato Como As Conhecemos Hoje

 

Na década de 30, uma descoberta importante veio facilitar a adaptação das lentes rígidas, a fluoresceína. Foi em 1938, que alguém usou pela primeira vez a fluoresceína em lentes de contato.

Também em 1938, William Fleinboom indica a possibilidade de usar lentes esféricas e alguns anos depois publica uma série de artigos sobre a possível utilização desse tipo de lente de contato.

A partir desse momento, todo o processo de concepção e fabrico ganha um novo impulso. Em 1935, uma empresa de Nova Iorque, a Obrig apresentou pela primeira vez lentes completamente fabricadas em plástico. Cinco anos mais tarde, o produto já estava sendo comercializado em ópticos profissionais.

Juan Sais e Klaus Pfortnet, iniciam o fabrico de um tipo especifico de lentes escleros-corneais em 1942, na Argentina.

Outro passo decisivo para tornar as lentes de contato mais comercializáveis ocorreu em Londres, em 1943, quando Norman Bier desenvolveu pela primeira vez um sistema de ventilação, usando fenestrações na área escleral.

O fabrico de lentes em plástico favoreceu bastante a venda de lentes de contato, pois tornou o produto mais confortável e seguro para o uso do público.

Os anos seguintes mostraram uma redução progressiva do diâmetros das lentes corneais. Kevin Tucky apresentou lentes com 11 mm de diâmetro em 1945. Pouco tempo depois, Wolk Kiel conseguiu produzir lentes corneais com diâmetro entre 8 e 9 mm.

Mais tarde, uma parceria internacional liderada por Sonnges, Neill e Dickinson (respetivamente, Alemanha, E.U.A e Inglaterra) conseguiu apresentar uma microlente que era mais leve, mais fina e tinha menor diâmetro, o que ajudou a tornar a ideia ainda mais interessante do ponto de vista comercial.

Contudo, as lentes de contato como as conhecemos hoje surgiram verdadeiramente a partir do trabalho do tcheco Otto Wichterle, que se focou nas lentes hidrofílicas.

Este tipo de lentes eram feitas de copolímeros de hidroxietilmetacrilato, material que permitiam que lentes fosse mais elásticas e confortáveis, exibindo também um excelente nível de hidratação.

Na década de 70, a Bausch & Lomb (ainda hoje um dos grandes players do mercado) introduziu as lentes Soflens hidrofílicas, que eram produzidas pelo processo de centrifugação.

Algo que podemos notar ao olhar para a história das lentes de contato é a grande vitalidade e capacidade de inovação da indústria, que conseguiu sempre desenvolver novos produtos, sempre com o objetivo de melhorar o produto final e favorecer o consumidor.

Felizmente, ainda hoje as lentes de contato continuam a evoluir e todos os anos assistimos à chegada de novas inovações.